título

Anúncios de emprego: onde encontrar e como responder

Para qualquer jovem que termina o ensino superior uma das suas principais metas é encontrar um emprego onde possa pôr em prática tudo o que aprendeu nos bancos da faculdade e sentir-se realizado.

Essa procura nem sempre é fácil especialmente nos mercados de trabalho, hoje cada vez mais saturados.

 

Saber onde encontrar os anúncios de emprego e como respondê-los da melhor forma é um excelente começo. Georgete Monteiro deixou dicas úteis ao SAPO Estudante. Trabalha na área dos Recursos Humanos, está habituada a lidar com jovens nessa situação e recebe diariamente muitos currículos.

Georgete considera que em Cabo Verde os anúncios estão essencialmente nos jornais, o meio mais convencional, e são a escolha primordial quer para os empregadores quer para quem procura.

“Infelizmente há pessoas que pensam que só nos jornais podem encontrar oportunidades de trabalho”, lamenta. Georgete, que dá também formação em recrutamento, salienta que há outras vias tão ou mais eficazes que os jornais. Uma delas é a nossa rede de contactos. “É muito importante ter a nossa rede de amizade e o ‘passa-a-palavra’ em Cabo Verde funciona e de que maneira”.

Alimentar as redes de contactos e amigos, conversar com pessoas da mesma área de interesse e que já estejam inseridas no mercado de trabalho é fundamental e pode fazer toda a diferença.

A internet é ainda muito pouco usada na procura de emprego em Cabo Verde”, defende Georgete que apesar de tudo reconhece que essa plataforma é também pouca usada pelas próprias empresas que nem sempre têm sequer sites.

No que toca a procura de emprego destaca o site “Concurso e Turismo de Cabo Verde”. Uma plataforma com ofertas de emprego das mais variadas áreas que “pouca gente conhece”.

“Saber navegar na Internet, não cingindo apenas ao email pessoal ou ao Facebook, e estar actualizado é muito importante na descoberta de anúncios.”, remata.

Como responder?

Os pormenores contam. É essa, desde logo, a premissa de Georgete para quem responder a um anúncio de emprego significa mais do que enviar o currículo à empresa que recruta.

Responder atendendo exactamente ao que é solicitado no anúncio é o primeiro passo para o sucesso, garante. Mas deixa outras dicas:

- Enviar uma carta de apresentação curta e devidamente estruturada

- Evitar erros ortográficos e optar pela linguagem simples

- Referir sempre por que via chegou-se ao anúncio e a vaga para o qual se está a concorrer (ex: jornal, internet, através de um amigo). EX: “Respondendo ao anúncio no jornal “X” do dia “Y” para a vaga “W” …

- Anexar o currículo (e fotocópias dos certificados caso seja solicitado)

 

Uma boa carta de apresentação

Um dos principais objectivos da carta de apresentação, geralmente anexada ao currículo, é, segundo Georgete, fazer com que a empresa dê ao candidato pelo menos a possibilidade de ter uma primeira entrevista presencial.

A carta, explica, dever realçar as habilidades e competências do candidato e mostrar que este pode ser uma mais-valia na empresa caso seja admitido.

Para resultados mais eficazes junto dos recrutadores, uma carta de apresentação deve:

- ser breve e ter uma linguagem simples. Palavras caras não são especialmente valorizadas e o tempo dispensado pelo recrutador a cada carta não será muito

- Ser diferente e sair um pouco do convencional (sem extrapolar o nível do aceitável) é bem visto.

- reflectir a maneira de ser do candidato. Ser ele próprio a falar.

- despertar interesse pela estrutura (bem organizada) e pela escrita correcta

 

@Cláudia Marques

30.12.2013

Partilhe: Facebook Twitter