título

Autarquia do Porto Novo e Uni-Mindelo desejam “potenciar ” o ensino superior em Santo Antão

O Executivo pretende instalar nesta ilha o Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Agrárias.

A câmara do Porto Novo e a Universidade do Mindelo estão “empenhados” em “potenciar” o ensino superior em Santo Antão e no arquipélago, de uma forma geral, desejo expresso num protocolo de parceria firmado entre as duas instituições.

 

O protocolo, a que a Inforpress teve acesso, foi assinado no quadro das comemorações dos 16 anos dessa universidade e visa a “troca recíproca de informações, conhecimentos e experiências entre a autarquia e a universidade “por forma a potenciar o desenvolvimento do ensino superior” em Cabo Verde.

 

Enquanto Instituto de Estudos Superiores Isidoro Graça (IESIG), a Universidade do Mindelo, que recebe, todos os anos, “um grande número” de estudantes oriundos de Santo Antão, já teve, há alguns anos, um polo no Porto Novo, que acabou por encerrar pouco tempo depois.

 

A assinatura do protocolo entre a edilidade portonovense e a Universidade do Mindelo acontece numa altura em que o Governo diz estar a criar as condições para o arranque, a partir do ano letivo 2019/2020, do ensino superior em Santo Antão.

 

O Executivo pretende instalar nesta ilha o Instituto Superior de Ciências e Tecnologias Agrárias de Santo Antão que, a partir do próximo ano letivo, estará a ministrar os primeiros cursos superiores, abarcando áreas como a agricultura, a água, a floresta e as energias renováveis.

 

SAPO/Inforpress

 

12 de dezembro de 2018

Partilhe: Facebook Twitter