título

Cerca de 800 jovens beneficiados com financiamento de propinas no âmbito do FPEF

Cerca de 800 jovens, a frequentar cursos de formação profissional em diversos níveis de qualificações e a nível nacional, vão beneficiar do pagamento das propinas no âmbito do Fundo de Promoção do Emprego e da Formação (FPEF).

Esses jovens foram seleccionados no quadro do 17º concurso cujos resultados foram publicados na semana passada.

 

De acordo com informação publicada no site do FPEF, para tal vão ser disponibilizados um montante de 45.962.692 escudos cabo-verdianos, sendo que parte desse montante será reembolsado pelos formandos depois de ingressarem o mercado de trabalho.

 

Para além do financiamento das propinas, o FPEF prevê ainda outras medidas como incentivo à qualificação, com financiamento de propostas de formação das entidades formadoras em parceria com empresas, para promover o desenvolvimento de competências na formação profissional.

 

Neste concurso, a mesma fonte adianta que cinco propostas de acções de formação vão ser financiadas, sendo que o montante global a ser atribuído é de 6.650.000 escudos cabo-verdianos.

 

O Fundo de Promoção do Emprego e da Formação (FPEF), segundo o Governo, traduz-se num instrumento determinante para um maior acesso à formação profissional de qualidade e mais oportunidades de integração no mercado de trabalho, aumentando a empregabilidade dos cabo-verdianos, em geral, e dos jovens, em especial.

 

O executivo lembra que durante a IX Legislatura tem investido cada vez mais no capital humano, através da criação de condições de acesso e financiamento à formação profissional, enquanto uma das maiores ferramentas potenciadoras de oportunidades de integração no mercado de trabalho.

 

SAPO c/ Inforpress

 

22 de novembro de 2019

 

Partilhe: Facebook Twitter