título

Covid-19: Universidade de Santiago adaptou-se e levou ensino à distância aos alunos, diz responsável

A Universidade de Santiago (US) conseguiu ultrapassar os problemas da pandemia levando o ensino à distância através de plataformas mundial aos seus alunos, disse hoje secretário executivo do Centro de Extensão da US, Teles Fernandes.

O responsável fez esta afirmação em declarações à imprensa, após a cerimónia de entrega de máscaras de protecção às instituições de ensino superior, num evento que teve lugar na sala de reuniões do Ministério da Educação, na Praia, ao ser questionado sobre como a universidade ultrapassou a questão do novo coronavírus para poder chegar aos estudantes.

 

“Neste momento, estamos a trabalhar na finalização do ano lectivo, pelo que a medida do Governo em apoiar as instituições e os estudantes é para nós muito gratificante, visto que as consequências socioeconómicas da pandemia afectou bastante a comunidade académica”, realçou.

 

Este apoio, caso venha a concretizar, prosseguiu Teles Fernandes, será uma mais valia na garantia da permanência e sucesso académico dos estudantes.

 

No caso da Universidade de Santiago, confirmou que está a sentir o peso do não pagamento das propinas nesse período, mas que através da sua política social, a instituição no segundo semestre procedeu a renovação das matrículas de todos os alunos mesmo em situação de inadimplência.

 

Sublinhou, por outro lado, que de momento a US está empenhada em ajudar os alunos a concluírem, com sucesso, o ano lectivo.

 

“A questão das dívidas vai ser, com certeza, resolvida com o apoio do Governo, o que será impactante na instabilidade emocional e psicológica dos alunos, como na garantia do sucesso académico, assim como para a tesouraria da universidade”, acrescentou.

 

SAPO c/ Inforpress

 

14 de julho de 2020

Partilhe: Facebook Twitter