título

Estudante cabo-verdiana premiada na Serra Leoa como Jovem Mais Influente da West África

A estudante Érica Miranda recebeu o Prémio na Serra Leoa como Jovem mais Influente da West África. A terceira edição do West African Youth Award decorreu no Freetown no passado sábado. O evento é realizado anualmente pelo The Confederation of West African Youths em diferentes países e contou com mais de 200 participantes de todo continente africano.

Érica Meline Silva Gomes Miranda é uma jovem cabo-verdiana e frequenta o curso de Relações Internacionais e Diplomacia no Instituto Superior de Ciências Jurídicas e Sociais. É ainda vice-presidente da Federação Nacional de Estudantes e Desporto Universitário (FNEDU), coordenena da pasta Cooperação Internacional e Associativismo Estudantil. 

 

Érica fundou ainda o Movimento para Ação Cívica (MAC #114), a Liga das Associações Universitárias de Santiago (LAUS), Cabo Verde Ecofeminism. É diretora nacional do Miss Summer Albânia e dirige e representa Cabo Verde no Youth Society.

 

Além de todos estes cargos, Érica é ainda activista, sendo os direitos dos estudantes, a igualdade de género e o empoderamento feminino os seus principais focos. A paz, o desenvolvimento sustentável e os direitos humanos são, para ela, a forma de formarmos sociedades resistes, inclusivas e justas.

 

"Acredito que é possível ter um mundo mais justo e igualitário e uma África cada vez mais unida. Neste sentido, estou a tralhar num projeto denominado West Africa Student ERASMU, como forma de fomentar a mobilidade estudantil entre as universidades africanas, proporcionando a maior e melhor integração, incentivando mais interação dos jovens estudantes da West África, fortalecendo o nosso sentimento africano", afirmou Érica Miranda.

 

02/04/2019

SAPO

Partilhe: Facebook Twitter