título

Ilha do Sal: Complexo Educativo de Santa Maria promove feira da cidadania

O evento visa reforçar conteúdos lecionados em várias disciplinas

O Complexo Educativo de Santa Maria, no Sal, promove feira da cidadania de 22 a 27 de Maio do corrente, visando reforçar os conteúdos lecionados em várias disciplinas, expondo, também várias profissões e saídas profissionais.

Durante seis dias, isto é, de segunda-feira até sábado da próxima semana, o evento pretende envolver toda a comunidade, pais e encarregados de educação, familiares e população em geral, de Santa Maria como dos Espargos, de modo a se inteirarem das diversas ações e atividades educativas ao longo do ano letivo.

Segundo Carlos Elias Barbosa, subdiretor dos Assuntos Sociais e Comunitários do Complexo Educativo Manuel António Martins (CEMAM), pretende-se com esta iniciativa, alargada à comunidade, destacar e solidificar as práticas que devem estar na base de participação de cada um enquanto cidadãos.

O evento, que terá início às 15:00, promovendo diversas ações simultâneas, desde torneio relâmpago de basquetebol feminino e masculino, teatro infantil versando o tema ambiente e turismo, destaca, no primeiro dia, uma reflexão sobre “Ambiente, biodiversidade, sustentabilidade e o turismo na ilha do Sal”, orientada por Kátia Ramos, diretora dos serviços de Saneamento, Ambiente e Espaços Verdes da Câmara Municipal do Sal.

Entretanto, ao longo da semana, várias outras atividades de desporto e lazer, palestras e oficinas de capacitação serão levadas a cabo, a par de alguns “Expo”, nomeadamente sobre cultura, património e direitos humanos; segurança, bem-estar e equidade; saúde preventiva; operação stop com o corpo policial de Santa Maria e alunos da CEMAM; desfilie, dança e gastronomia cabo-verdiana, entre outros entretenimentos e ações educativos e elucidativas.

Carlos Elias renova que o objetivo do projeto é promover a cidadania, o bem-estar, assim como informar e solidificar os direitos básicos de todo cidadão.

A Feira da Cidadania, que decorre sob o lema “Todos e todas, sem distinção de nenhuma ordem, têm direito a uma educação de qualidade” é uma ação humanizada que visa mostrar as ações que CEMAM tem desenvolvido ao longo do ano a partir de atividades educativas.

 

SAPO c\ Inforpress

19.05.2017

Partilhe: Facebook Twitter