título

Investimentos no setor da educação no Porto Novo chegam aos 18 mil contos

A câmara do Porto Novo vai investir quase 18 mil contos na implementação, ao longo de 2018, de três programas no sector educativo neste município santantonense, montante co-financiado em mais de metade (55%) pelo Governo.

A edilidade porto-novense, ao longo deste ano, vai implementar o programa de acesso à educação, na ordem dos 10 mil contos, que inclui, entre outras acções, o transporte escolar, o apoio às escolas e aos jardins infantis, bem como aos estudantes universitários.

 

Um outro programa previsto no plano de investimentos do município, a que a Inforpress teve acesso, prende-se com a reabilitação do parque escolar, que consiste na recuperação de, pelo menos, quatro escolas no interior do concelho, além de criação de casas de banho nos estabelecimentos de ensino no Planalto Norte.

 

Este programa, financiado, na sua totalidade, pelo Ministério da Educação, em seis mil contos, deverá abarcar a reabilitação as escolas de Chã de Norte, Ribeira da Cruz, Jorge Luís e Chã de Morte e a construção de casas de banho nos estabelecimentos de ensino do Planalto Norte.

 

O terceiro programa tem ver com a promoção da formação profissional, estimado em dois mil contos, financiado com recursos próprios da Câmara Municipal do Porto Novo.

 

Os pais e encarregados de educação de Chã de Norte já manifestaram, por algumas vezes, a sua preocupação em relação à situação da escola dessa localidade, actualmente, em estado avançado de deterioração.

 

No Porto Novo, não obstante as intervenções introduzidas já em diversas infra-estruturas escolares, existem ainda muitas escolas que precisam de melhorias, tanto a nível físico como de equipamentos, segundo a delegação do Ministério da Educação.

 

SAPO c/ Inforpress

 

2 de fevereiro de 2018

Partilhe: Facebook Twitter