título

Ministra realça apoio da UNICEF e parceiros na contribuição para acesso e qualidade do pré-escolar

A ministra da Educação, Maritza Rosabal, considerou hoje o apoio da UNICEF e parceiros da educação como importante para o reforço da implementação do Plano Estratégico da Educação na sua universalização quanto ao acesso e aumento da qualidade.

Maritza Rosabal, fez essas considerações no acto de entrega de 70 kits de materiais lúdicos e pedagógicos para os estabelecimentos de Educação Pré-Escolar, no âmbito do Projecto Reforço Institucional do Sector Educativo (RISE) pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF).

 

“Trata-se de um acto simbólico que conjugam esforços do Governo no processo de planificação por parte do Ministério da Educação e parceiros [UNICEF] e, ao mesmo tempo, responde ao apelo e exercícios de planificação”, disse.

 

Neste caso, sublinhou, a contribuição vem reforçar a implementação do Plano Estratégico da Educação para o pré-escolar, cujo objectivo é a universalização do acesso e o aumento da qualidade do ensino.

 

No caso da qualidade, referiu a ministra da Educação, os materiais lúdicos pedagógicos oferecidos vão beneficiar, até 2022, cerca de 300 jardins públicos, o que permitirá na sua opinião, uma implementação correcta do plano de estudo que está sendo revisto e melhorado.

 

O apoio, acrescentou, vai contribuir para a promoção de formações destinadas às pessoas que trabalham com crianças, visto que o objectivo do sector é melhorar a qualidade do ensino.

 

“A UNICEF, neste processo, tem sido um óptimo mediador e um parceiro inestimável na melhoria da qualidade do ensino do pré-escolar, com ofertas de materiais, formação dos docentes, respostas às necessidades especiais e reforço das cantinas escolares”, disse.

 

O representante da UNICEF em Cabo Verde, Opia Kumah, ao usar da palavra, manifestou a satisfação em ter participado na cerimónia de entrega dos materiais lúdicos pedagógicos para a educação de crianças no âmbito do reforço institucional no domínio da educação.

 

“Este programa foi financiado pelos parceiros internacionais da educação, com o objectivo de financiar o plano estratégico da educação referente ao ano 2017/2021. Os materiais permitirão enriquecer o sistema educativo das crianças visando a melhoria da qualidade do ensino”, indicou.

 

Opia Kumah sublinhou, ainda, esperar que o projecto RISE integra a dimensão ocupada no acesso e qualidade do sistema pré-escolar, considerando importante para o país.

 

“Quero também, nesta ocasião, partilhar convosco a mobilização de uma contribuição num montante de 150 mil dólares para apoiar o programa das cantinas escolares para 30 mil crianças”, informou, expressando, por outro lado, a satisfação do PNUD, FNUAP e UNICEF quanto ao sucesso da política educativa em Cabo Verde.

 

O Projecto RISE, em fase de implementação desde 2018, constitui um dos grandes projectos do Ministério da Educação, que conta com o financiamento do Global Partnership for Education (GPE), num montante global de 1.200.000 dólares e tem a UNICEF como agência parceira e de coordenação dos fundos.

 

SAPO/Inforpress

 

24/06/2020

Partilhe: Facebook Twitter