título

Porto Novo: Crianças de Chã de Norte percorrem vários quilómetros a pé para ter acesso ao ensino secundário

As crianças se levantam às 04:00 para poder “apanhar” o autocarro em Ribeira da Cruz

Oito crianças da localidade de Chã de Norte, interior do Porto Novo, que frequentam o liceu António Silva Pinto, na Ribeira das Patas, são obrigadas a percorrer, diariamente, quatro quilómetros a pé para poder assistir às aulas.

 

Segundo o presidente da associação comunitária de Chã de Norte, Evanildo Dias, essas crianças se levantam às 04:00 para poder “apanhar” o autocarro em Ribeira da Cruz, que transporta os alunos para a escola secundária em Chã de Morte, na Ribeira das Patas, regressando à casa somente no final do dia.

 

Este responsável alerta para a “situação dramática” por que passam essas crianças, oriundas de pais de fracos recursos.

 

A Câmara Municipal do Porto Novo, uma das entidades que asseguram o transporte escolar neste município, está a par da situação desses alunos e promete “tomar medidas imediatas” para assegurar o transporte das oito crianças no percurso Chã de Norte/Ribeira da Cruz/Ribeira das Patas.

 

“Vamos tomar medidas imediatas para resolver essa situação”, garante o edil do Porto Novo, Aníbal Fonseca, realçando os encargos elevadíssimos, à volta de um milhar de contos mensais, que a autarquia tem com o transporte escolar, neste município.

 

Além da câmara do Porto Novo, o transporte escolar neste concelho é garantido ainda através da Fundação de Ação Social e Escolar (Ficase), da organização não-governamental dinamarquesa Bornefonden, do Conselho Regional de Parceiros (CRP) de Santo Antão e dos próprios pais.

 

SAPO c\ Inforpress

09.10.2017

Partilhe: Facebook Twitter