título

Primeira-dama oferece livros infantis à Escola do Ensino Básico da Várzea

O objetivo é enriquecer a biblioteca escolar e estimular nas crianças o gosto pela leitura.

A primeira dama, Lígia Fonseca doou esta sábado à escola do ensino básico da Várzea, na Cidade da Praia, livros infantis com o intuito de enriquecer a biblioteca escolar e estimular nas crianças o gosto pela leitura.

 

O ato ocorreu na manhã de sábado, dia 6, durante as atividades comemorativas do 30º aniversário da escola em apreço, tendo Lígia Fonseca explicado em declarações à Inforpress que este gesto acontece no âmbito da iniciativa “Ler Mais, Saber Mais”, lançada pela Presidência da República.

 

Segundo avançou a primeira-dama, a ideia é aproveitar esse momento e fazer com que as crianças percebam que ler, contar histórias, declamar e conhecer poesias são atividades que dão “muita alegria” e que possam interiorizar isto no dia-a-dia e sentir também o grande prazer na leitura de um livro.

 

“A campanha tem tido muito sucesso, nós podemos dizer que a partir desta iniciativa “Ler Mais Saber Mais” foi pensada e criada pelo Governo o Plano Nacional de Leitura e temos visto que todas as escolas andam a fazer feiras do livro e a criar as suas próprias bibliotecas”, disse Lígia Fonseca realçando que “todos têm de ler para desenvolver melhor as suas capacidades intelectuais”.

 

Adiantou ainda, na ocasião, que a campanha tem surtido efeito porque está a ser apropriada pelos professores, animadores sociais e não só.

 

Por seu turno, o coordenador da escola do ensino básico da Várzea, Gerónimo Tavares, agradeceu a iniciativa presidencial, uma vez que, ajuntou, a mesma vai ajudar na criação da biblioteca escolar na promoção do gosto e habito pela leitura junto da comunidade educativa.

 

Com esta doação, o nosso acervo vai ficar mais enriquecido e todos os apoios em termos de livros serão sempre bem-vindos”, reconheceu.

 

Entretanto, Gerónimo Tavares acrescentou que no âmbito das atividades comemorativas do 30º aniversario da escola, está prevista ainda a realização de uma palestra sobre o uso abusivo do álcool, com testemunho de um professor.

 

Durante esta iniciativa, a primeira-dama fez-se acompanhar pelos escritores, Carmelinda Gonçalves, Rony Moreira e Anilda, que aproveitaram a oportunidade para contar histórias às crianças.

 

7 de outubro de 2018

SAPO/Inforpress

Partilhe: Facebook Twitter