título

Reitora da Uni-CV destaca contributo da instituição na formação de quadros e difusão do conhecimento

Judite Nascimento fez esta consideração em conferência de imprensa, na Cidade da Praia, no lançamento da comemoração do 40º aniversário do ensino superior público em Cabo Verde.

A reitora da Universidade de Cabo Verde (Uni-CV), Judite Nascimento, destacou hoje o contributo que a instituição tem dado na formação de quadros no país, ao mesmo tempo que tem desenvolvido a difusão do conhecimento aos cidadãos.

 

Conforme disse, a Uni-CV, desde a sua fundação só tem registados ganhos, explicando que na sua leitura e tendo em conta o percurso até agora feito, “não há retrocessos”.

 

“É um balanço positivo daquilo que é um investimento que a sociedade faz no ensino, que os sucessivos governos têm feito ao longos dos anos”, justificou.

 

Segundo a reitora da Uni-CV, 112 doutores já foram formados, o que significa aposta da capacitação dos decentes que integram a universidade e um passo rumo a qualidade.

 

“Temos doutores em todas as áreas, em todos os grupos disciplinares, apesar de não preenchermos as necessidades que temos”, observou.

 

Apesar dos ganhos apontados, a responsável disse que não foi atingido ainda o patamar que considera que universidade deverá chegar, mas, sustentou, se está a construir um processo e a acrescentar sempre um novo passo ou nova etapa.

 

“Queremos aproveitar esta comemoração para identificar, ao mesmo tempo, os pontos que foram desenvolvidos, mas que merecem a maior atenção para os próximos anos”, salientou.

 

Quanto ao evento de comemoração do 40º aniversário do ensino superior público em Cabo Verde, ressaltou que um dos pontos altos é uma homenagem a um conjunto de pessoas que tiveram um papel muito importante na história da universidade, seja como professores, cientistas, funcionários ou como dirigentes.

 

O evento visa, sobretudo, destacar o primeiro estabelecimento de ensino pós-secundário em Cabo Verde, Curso de Formação de Professores do Ensino Secundário (CFPES), criado em 1979.

 

Além disso, estão agendados discussão de dois painéis, nomeadamente sobre o papel das universidades na promoção do desenvolvimento sustentável e da coesão social e educação catalisadora de aprendizagens.

 

SAPO/Inforpress

 

31 de julho de 2019

Partilhe: Facebook Twitter