título

Reitora da UNI-CV destaca pertinência da aliança entre universidades e estado na prossecução dos objectivos do país

A reitora da Universidade de Cabo Verde destacou hoje a pertinência da aliança entre as universidades e o Estado na capacitação dos quadros com competências, visando responder às demandas e atingir os objectivos do país.

Judite Nascimento teceu estas considerações durante a cerimónia inaugural, por videoconferência, do Curso de Especialização em Desenvolvimento Local e Agenda 2030, aberto a 26 participantes representantes do poder local.

A reitora garantiu que o curso, oferecido pela Escola de Negócios e Governação, significa para a universidade pública mais uma oportunidade de contribuir para o desenvolvimento do país.

 

Já o representante do escritório das Nações Unidas em Cabo Verde manifestou total apoio à especialização, por considerar que em momentos de crise, como a pandemia da covid-19, é necessário capacitar e organizar-se para que os recursos públicos sejam cada vez melhor organizados visando satisfazer as necessidades das pessoas necessitadas.

 

O representante das Nações Unidas, Opia Kumah, considerou determinante identificar os beneficiários mediante os indicadores definidos, para que o crescimento local possa ter resultados concretos na descentralização do desenvolvimento.

 

Por sua vez, a encarregada de Negócios da Embaixada do Luxemburgo, Ángèle da Cruz, disse que esta especialização vai responder às necessidades de formação dos municípios do país e simboliza o exemplo de Cabo Verde numa especialização através de recursos endógenos.

 

Para Ángèle da Cruz, o programa iniciado em 2017 com grande parte do apoio do Luxemburgo, no quadro do IV Programa Indicativo da Cooperação 2016/20, vai ao encontro do Luxemburgo que vê no reforço das capacidades o garante da transferência do conhecimento e da metodologia para melhor trabalhar e contribuir para as novas gerações.

 

SAPO/Inforpress

 

21/07/2020

Partilhe: Facebook Twitter