título

Uni-CV realiza primeiro Colóquio Internacional da Rede Interdisciplinar de Pesquisa e Diálogos sobre a Integração Regional

O evento visa construir um espaço de diálogo académico em um contexto em que a actividade científica está no cerne da economia, da política e da educação superior.

A Universidade da Cabo Verde (Uni-CV) realiza, a partir desta quarta-feira, 29, o primeiro Colóquio Internacional da Rede Interdisciplinar de Pesquisa e Diálogos no sul Global – “Territórios, Ambientes, Saberes, Educação, Educação e Politicas Públicas”.

 

O evento, realizado em parceria com a congénere de Pará (Brasil e que tem a duração de dois, visa construir um espaço de diálogo académico em um contexto em que a actividade científica está no cerne da economia, da política e da educação superior.

 

Em declarações à Inforpress, o director académico do Mestrado em Integração Africana da Uni-CV, Odair Varela, esclareceu que a realização deste evento começou a ser germinada em 2017/2018, com a abertura do programa de Mestrado em Integração Regional Africana da Universidade de Cabo Verde (Uni-CV), com o apoio do Instituto da África Ocidental.

 

“Dado que é um mestrado que trouxe estudantes, professores e investigadores de vários lugares, propõe encetar contactos com programas de pós-graduação com várias latitudes do Sul (…) que são Estados que foram colónias europeias, nomeadamente o Brasil”, explicou

 

Odair Varela esclareceu ainda que este colóquio é interdisciplinar pelo facto de ser um conjunto de programas de integração que ultrapassa o contexto somente regional da sub-região africana, almejando que esta integração vá para além das regiões.

 

“Este colóquio visa uma integração que vai para além das regiões, coma ideia de criar uma espécie de solidariedade dos países do Sul Global, procurando incentivar a chamada cooperação Sul – Sul a nível da pesquisa e do ensino superior”, precisou o académico.

 

Para Odair Varela, embora prevaleça a ideia de que a integração regional seja exclusivamente voltada para o sector económico, esse processo, segundo defendeu, é diverso e abrange diversas áreas.

 

Este colóquio, cuja abertura vai ser presidida pela coordenadora da ONU-Habitat em Cabo Verde, Janice da Silva, vai contar com investigadores de Cabo Verde, Moçambique, França e Brasil.

 

O evento conta ainda com parceiros nacionais e internacionais, como a Associação Internacional de Ciências Sociais e Humanas em Língua Portuguesa (AILOcsh), Universidade de Integração Internacional da Lusofonia Afro Brasileira (UNILAB) e Cátedra Unesco de Cooperação Sul-Sul para o Desenvolvimento Sustentável.

 

SAPO c/ Inforpress

30 de outubro de 2019

Partilhe: Facebook Twitter