título

Universidade de Cabo Verde realiza conferência sobre o futuro da moeda em Cabo Verde

A Universidade de Cabo Verde (Uni-CV) realiza esta sexta-feira, no Campus do Palmarejo, na Cidade da Praia, uma conferência intitulada “A futura moeda em Cabo Verde”, proferida pelo diretor do Centro de Pesquisa em Economia Política do Senegal.

Diery Seck vai analisar e examinar os benefícios potenciais a ser arrecadados por uma nova moeda em Cabo Verde e fornecer indicações sobre essas vantagens.

 

A Uni-CV avançou que o especialista vai destacar ainda as principais características dessa moeda e os critérios que ajudariam a determinar a lista e a ordem da entrada dos países na moeda comum, que incluiria Cabo Verde.

 

“Ao longo do último quarto de século tem havido uma tendência global para uma cooperação monetária regional mais forte e até mesmo a criação de moedas comuns regionais, independentemente do grau de desenvolvimento dos países envolvidos”, lê-se na página da instituição.

 

Indica, ainda, que o objetivo da “estabilidade monetária” e “efetiva defesa” da moeda foi alcançado por muitos países, incluindo Cabo Verde, porque os Estados estão a procurar capturar os benefícios dos acordos monetários comuns, para além da estabilidade de preços.

 

Do percurso de Diery Seck assinala-se que foi diretor do Instituto Africano das Nações Unidas para o Desenvolvimento Económico e Planeamento (UNIDEP), tendo atuado também como Diretor Executivo da Secretaria de Apoio Institucional à Pesquisa Económica em África (SISERA), do Centro Internacional de Pesquisa para o Desenvolvimento do Canadá (IDRC).

 

Em 1995, foi professor associado de Finanças na Universidade de Windsurf no Canadá e Economista do Banco Mundial em Washington D.C. (EUA).

 

É especialista em Economia Financeira e Economia do Desenvolvimento e é autor de livros sobre o desenvolvimento económico e de vários artigos publicados em revistas académicas.

 

SAPO c/ Inforpress

10.10.2017

Partilhe: Facebook Twitter